Crassula Ovata

Crassula Ovata

R$ 10,00Preço

Suculentas: principais espécies e ideias de decoração

Perfeita para quem ama cultivar espécies diferentes, as suculentas são ótimas aliadas na decoração

por decorfacil - 1 de abril de 2019

Tá aí uma plantinha capaz de trazer a natureza para dentro de casa de forma simples e descomplicada. As suculentas são as melhores aliadas de quem não tem muito tempo para jardinagem e para quem ama cultivar espécies diferentes e está ligado nas últimas tendências de decoração.

Existem mais de 22 mil espécies de suculentas catalogadas em todo o mundo. A principal característica que define uma planta como suculenta são suas folhas gordinhas. São elas que armazenam água e permitem que a planta sobreviva vários dias sem rega.

As suculentas podem ser plantadas em vasos de tamanhos variados, sozinhas ou combinadas com outras da mesma espécie, além de serem muito utilizadas em terrários. As suculentas também estão em alta na decoração de festas – inclusive como lembrancinhas – e para presentear.

Outra boa característica da planta é o preço. As suculentas são vendidas por um preço médio de R$ 3 a unidade e, geralmente, quando são compradas em várias mudas, o preço tende a reduzir ainda mais.

Apesar de ser uma planta de fácil cultivo, as suculentas precisam de alguns cuidados simples para continuar vivas e bonitas. Confira a seguir tudo o que você precisa fazer para cultivar suas suculentas.

Como cuidar e cultivar suculentas

 

Apesar de existir uma variedade enorme de suculentas, o modo de cultivo e os cuidados são basicamente os mesmos.

Por ser uma planta de origem desértica, as suculentas necessitam de sol. Portanto, mantenha-a em um local que receba luz solar direta ou pelo menos que seja bem iluminado.

Uma das principais características das suculentas é que elas não necessitam de rega constante. Nos meses de inverno recomenda-se regar a planta a cada quinze dias, já no verão o ideal é uma rega por semana. Contudo, sempre verifique a umidade da terra antes de aguar, já que as suculentas sofrem muito mais com o excesso de água do que com a falta.

Outro detalhe importante: nunca regue a suculenta molhando as folhas. Regue apenas a terra, assim a planta não apodrece. Uma dica é usar conta gotas ou uma bisnaga, como as de lanchonete, para regar a planta na medida certa.

As suculentas também precisam de adubação. Procure adubar a planta a cada três meses com um adubo do tipo NPK.

Como plantar e fazer mudas de suculentas

 

O plantio das suculentas é bem simples. O primeiro passo é escolher o recipiente que irá receber a planta, depois disso garanta o sistema de drenagem, pois o acumulo de água pode apodrecer a planta.

Para isso, faça de três a quatro furos no vaso e coloque algumas pedrinhas no fundo. Em seguida, adicione a terra adubada. Faça um buraquinho no centro para receber a muda e plante-a em seguida.

O processo para fazer mudas de suculentas é igualmente simples. Para isso basta cortar algumas folhinhas e colocá-las sobre a terra sem a necessidade de enterrar as pontas. Apenas deite-as sobre a terra. Regue apenas após sete dias. Ao final desse período você poderá perceber as pequenas raízes despontando da base das folhas. Quando as raízes aumentarem de tamanho plante a folha na terra.

Suculentas: tipos e espécies mais cultivadas e ideias de decoração

Acompanhe a seguir as espécies de suculentas mais cultivadas e como elas podem ser inseridas na decoração. Uma seleção de fotos – e ideias – para te deixar ainda mais apaixonada pela planta. Confira:

Aeonium Leucoblepharum

As suculentas do gênero Aeonium possuem cerca de 30 espécies diferentes que pertencem à família das crassuláceas. Essas plantas são originárias das Ilhas Canárias e da África. A palavra Aeonium deriva da palavra grega “aionios” que significa “imortal”. A palavra faz referência a grande resistência e durabilidade da planta, já que esse tipo de suculenta pode sobreviver as mais variadas mudanças de temperatura. Desde frio extremo abaixo de zero até calor acima de 30º.

Imagem 1 – Arranjo de suculentas de parede com espécies diferentes.

 

Imagem 2 – Tamanhos, cores e espécies diferentes de suculentas formam esse arranjo com a letra K; uma boa opção para presentear.

 

Imagem 3 – Quadro de suculentas na parede e um vasinho solitário sobre a mesinha.

 

Imagem 4 – Trio de suculentas Aeonium Leucoblepharum em um mesmo vaso.

 

Imagem 5 – Sugestão para decoração de festas; aproveite que as suculentas são baratas e introduza-as na festa.

 

Cactus

As suculentas podem ser cactos, mas nem sempre um cacto é uma suculenta. Esse é apenas um subtipo da família das suculentas. Confira algumas espécies consideradas suculentas:

Imagem 6 – Vaso alto combinado com diferentes mini tipos de cactos e suculentas.

 

Imagem 7 – Terrário de cactos e suculentas; modelo elegante e ao mesmo tempo simples desse tipo de arranjo.

 

Imagem 8 – Um vasinho para cada suculenta, mas elas não estão apenas nos vasos, elas também aparecem na estampa do papel de parede.

 

Imagem 9 – Aqui, as suculentas foram plantadas dentro de taças.

 

Crassula Ovata Gollum (Orelha de Shrek)

O tipo Crassula Ovata Gollum não poderia ter recebido um nome popular mais adequado ao seu formato. Conhecida como Orelha de Shrek, essa suculenta faz referência ao famoso ogro dos cinemas.

Imagem 10 – Um vasinho recheado de orelhas de Shrek.

 

Imagem 11 – Uma ideia inusitada e original para decorar os vasinhos de suculentas.

 

Imagem 12 – Tinta branca deixou os vasinhos de barro ainda mais bonitos para acomodar as suculentas.

 

Imagem 13 – Uma ideia rústica e natural para plantar as suculentas.

 

Imagem 14 – Vasinhos de suculentas na escada.

 

Crassula Ovata (Planta Jade)

A Crassula Ovata, também conhecida como planta jade ou planta da amizade, é um tipo de suculenta com porte maior. Originária da África, essa espécie pode alcançar um metro de altura e floresce no inverno e na primavera. Quando plantada em vasos, a planta jade se assemelha a uma mini árvore, muito semelhante a um bonsai.

© Copyright Sítio Piutá 2020